A Maldição da Chorona - A Maldição da Chorona

Como a maioria dos filmes que são do universo de ‘A Invocação do Mal’ (2013), ‘A Maldição da Chorona’ também é baseado em uma história. No caso, essa não é com base em fatos, é apenas uma lenda do folclore mexicano, conhecida como “La Lllorona” (A Chorona), onde uma mulher mata seus dois filhos afogados, sente remorso, acaba se matando e depois busca por outras crianças para substituí-los. Bizarro, né?

No longa, uma assistente social viúva (Linda Cardellini – ‘Disque Amiga para Matar’, de 2019) tem dois filhos e é levada para visitar uma família (também composta por uma mãe e dois filhos) que está se comportando de forma estranha. Após a visita, ela prefere levar as crianças, pois não acredita que elas estavam a salvo junto à mãe. É nesse momento em que tudo começa a desmoronar e Anna (Cardellini) se vê atormentada pela maldição que envolve a temível “chorona”.

Produzido pelo famoso James Wan (‘Jogos Mortais’, de 2004) e dirigido pelo novato Michael Chaves (que dirigiu o clipe sinistro da cantora Billie Eilish, ‘Bury a Friend’), ‘A Maldição da Chorona’ possui toques de suspense, dando à trama um ar misterioso, muito bem conectado ao terror que apenas fantasmas poderiam trazer. São sustos inesperados, vindo de lugares muito bem explorados na fotografia e é exatamente aí que podemos perceber os dedos de Wan na produção.

Além de Cardellini, o elenco ainda conta com Patricia Velásquez, Sean Patrick, Raymond Cruz, Marisol Ramirez (que dá “vida” a personagem da “chorona”), Jaynee-Lynne e Roman Christou (que interpretam os filhos da assistente social).

tumblr pgxorbp2Fi1xbjxxyo4 500 - A Maldição da Chorona
Cena de ‘A Maldição da Chorona’

As críticas para o gênero terror sempre foram muito pesadas no mundo do cinema. Nada era ótimo e o que era considerado como ótimo, mal chegava nas notas boas que filmes de outros gêneros tinham. Com a chegada do novo terror, a partir de películas como ‘Deixe-me Entrar’ (2010), ‘A Invocação do Mal’ (2013), ‘A Bruxa’ (2015), ‘Corra’ (2017), ‘It: A Coisa’ (2017) e ‘Hereditário’ (2018) é perceptível uma mudança enorme nesse segmento. As questões técnicas estão muito mais apuradas (atuações, fotografia, edição, efeitos e ambientação muito mais puxados para o que é verossímil).

O melhor dessa mudança é que ela é benéfica para nós, fãs do gênero, e também para quem ainda não curte, porém, tem curiosidade de explorar tudo que o terror pode oferecer, além dos sustos. Se você ainda não conferiu ‘A Maldição da Chorona’ nos cinemas, esse é o momento. O longa está desde abril nas telonas e é provável que o período de divulgação do filme esteja acabando. Esse é um filme bem fechadinho, com tudo o que um filme de terror precisa ter.

Curiosidades

Esse é o primeiro longa de Michael Chaves, mas ele veio com tudo e também dirige ‘A Invocação do Mal 3’, que provavelmente estreia entre o segundo semestre deste ano e o primeiro semestre de 2020. James Wan deve realmente ter se conectado com Michael, pois tanto o primeiro filme quanto o segundo foram dirigidos por Wan e permitir que outra pessoa fique em seu lugar (ainda que Wan continue na produção) é uma baita responsabilidade.

Facebook Comments

pinit fg en rect red 28 - A Maldição da Chorona

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *