Capa cinema março - Lançamentos Cinematográficos de Março

Esse ano de 2018 está me parecendo um ano muito bom para a indústria cinematográfica. Isso porque, além de vermos bastante filmes com os nossos queridos personagens (e Stan Lee) da Marvel. Esse mês de Março promete muitos filmes legais e, por isso, reunimos os destaques para vocês aqui, neste post.

Operação Red Sparrow (01 de março)

“Outrora talentosa bailarina, Dominika Egorova é convencida a se tornar uma Sparrow, ou seja, uma sedutora treinada na melhor escola de espionagem russa. Após passar pelo árduo processo de aprendizagem, ela se torna a mais talentosa espiã do país e precisa lidar com o agente da CIA Nathaniel Nash. Os dois, no entanto, acabam desenvolvendo uma paixão proibida que ameaça não só suas vidas, mas também as de outras pessoas.”

Estou um tanto quanto empolgada para assistir nossa talentosíssima Jennifer Lawrence interpretando uma personagem tão única e desafiadora. Aliás, o filme é uma adaptação do livro de mesmo nome escrito pelo autor Jason Matthews.

Medo Profundo (08 de março)

“De férias no México, duas irmãs estão prestes a passar pelos momentos de maior tensão em sua vida: presas em uma gaiola de tubarões a 47 metros de profundidade no oceano, eles terão que lutar contra o tempo para permanecerem vivas. Mas com apenas uma hora de oxigênio e com tubarões brancos rondando o local, as chances se tornam cada vez menores.”

Embora o filme seja (mais uma vez) sobre ataques de tubarões, quando eu vi que esse filme fez sucesso lá nos Estados Unidos, fiquei em choque. Geralmente eu até gosto desse filme, mas não é muito inevitável “julgar” um filme cujo enredo a gente já está um tanto quanto familiarizado. Quero assistir só para ver se ele é realmente tudo isso – e também porque no elenco tem Mandy Moore e Claire Holt (de sereia e vampira para isca, rs).

Tomb Raider: A Origem (15 de março)

“Aos 21 anos, Lara Croft (Alicia Vikander) leva a vida fazendo entregas de bicicleta pelas ruas de Londres, se recusando a assumir a companhia global do seu pai desaparecido (Dominic West) há sete anos, ideia que ela se recusa a aceitar. Tentando desvendar o sumiço do pai, ela decide largar tudo para ir até o último lugar onde ele esteve e inicia uma perigosa aventura numa ilha japonesa.”

Esse eu realmente estou muito empolgada para assistir, isso porque, assim como muitos de vocês, sou fã dos jogos Tomb Raider e da Lara por si só. O filme promete por si só, já que a interpretação da Lara Croft fica por conta da super premiada atriz Alicia Vikander. Resta aguardar até 15 de março para sabermos se o filme vai mesmo trazer a nossa Lara aos cinemas de forma coerente.

Círculo de Fogo: A Revolta (22 de março)

“Quando várias criaturas monstruosas, conhecidas como Kaiju, começam a emergir do mar, tem início uma batalha entre estes seres e os humanos. Para combatê-los, a humanidade desenvolve uma série de robôs gigantescos, os Jaegers, cada um controlado por duas pessoas por meio de uma conexão neural. Entretanto, mesmo os Jaegers se mostram insuficientes para derrotar os Kaiju. Diante deste cenário, a última esperança é um velho robô, que passa a ser comandado por um antigo piloto e uma estagiária.”

Se você assistiu o primeiro filme de Círculo de Fogo (inclusive fiz a crítica dele para vocês, vou deixar o link aqui) você vai perceber que eu gostei muito do filme. Agora, eles trazem a sequência que também parece ser muito boa e estou empolgada para ver o que eles vão trazer dessa vez.

Jogador nº 01 (29 de março)

“Num futuro distópico, em 2044, Wade Watts, como o resto da humanidade, prefere a realidade virtual do jogo OASIS ao mundo real. Quando o criador do jogo, o excêntrico James Halliday  morre, os jogadores devem descobrir a chave de um quebra-cabeça diabólico para conquistar sua fortuna inestimável. Para vencer, porém, Watts terá de abandonar a existência virtual e ceder a uma vida de amor e realidade da qual sempre tentou fugir.”

Acredito que o Erick esteja pulando horrores para assistir ao filme Jogador nº01… Eu ainda, infelizmente, não li o livro que inspirou a adaptação, mas vou assistir mesmo assim porque o enredo dela é muito bom, tem todo esse lado futurístico e, claro, muita adrenalina. Estou animada para assistir (e ler) e espero que a adaptação seja digna.

Uma Dobra no Tempo (29 de março)

“Os irmãos Meg e Charles decidem reencontrar o pai, um cientista que trabalha para o governo e está desaparecido desde que se envolveu em um misterioso projeto. Eles contarão com a ajuda do colega Calvin e de três excêntricas mulheres em uma ousada jornada por diferentes lugares do universo.”

Fechando com chave de ouro, em uma produção Disney feito pela adaptação do livro de fantasia de mesmo nome da autora Madeleine L’Engle. O filme têm tudo para ser excelente, dando destaque para os efeitos especiais e pela caracterização do elenco (por sinal, de peso) também.

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *