Começo de ano e a gente fica como, planejando tudo o que é possível planejar para o ano inteiro. Como, de costume, eu sempre uso o comecinho de janeiro para organizar as leituras que eu quero priorizar e ler ao longo do ano e, por isso, resolvi fazer um post com os meus 12 livros que eu vou ler em 2018. Só queria deixar aqui que nesse mês de Janeiro, estou relendo toda a saga de Harry Potter e, por ser uma releitura, não quis incluir na listinha aqui do blog, combinado? E se você quer ver mais sobre as leituras em “tempo real”, sempre que dá estou no SKOOB atualizando tudo, então é só conferir no meu perfil <3

Lista de Livros em Português:

 

A Coroa da Vingança (terceiro livro da série Deuses do Egito – Colleen Houck – Arqueiro)

Esse livro faz parte da série Deuses do Egito (cujos livros “O Despertar do Príncipe” e “O Coração da Esfinge” já foram resenhados) e eu ainda não o tenho porque está em PRÉ-VENDA e estou EXTREMAMENTE ANSIOSA COMO NUNCA! É o terceiro e (até então) último livro da série e estou mais que empolgada pelo desfecho. O lançamento do livro é no dia 08 de Janeiro.

” Meses após sua pacata vida como herdeira milionária sofrer uma reviravolta e ela embarcar numa vertiginosa jornada pelo Egito, Lilliana Young está praticamente de volta à estaca zero. Suas lembranças das aventuras egípcias e, especialmente, de Amon, o príncipe do sol, foram apagadas, e só resta a Lily atribuir os vestígios de estranhos acontecimentos a um sonho exótico. A não ser por um detalhe: duas estranhas vozes em sua mente, que pertencem a uma leoa e uma fada, a convencem de que ela não é mais a mesma e que seu corpo está se preparando para se transformar em outro ser. Enquanto tenta dar sentido a tudo isso, Lily descobre que as forças do mal almejam destruir muito mais que sua sanidade mental – o que está em jogo é o futuro da humanidade. Seth, o obscuro deus do caos, está prestes a se libertar da prisão onde se encontra confinado há milhares de anos, decidido a destruir o mundo e todos os deuses. Para enfrentá-lo de uma vez por todas, Lily se une a Amon e seus dois irmãos nesta terceira e última aventura da série Deuses do Egito.”

Uma Bolota Molenga e Feliz (Sarah Andersen – Seguinte)

Se você acompanha o blog, sabe que no ano passado recebemos o livro “Ninguém Vira Adulto de Verdade” e o quanto eu amei ler. Dessa vez, recebemos em Dezembro esse livro novo da Sarah Andersen e estou muito empolgada porque eu já dei umas lidinhas em algumas tirinhas e já adorei.

“As incríveis tirinhas de Sarah Andersen são para nós, que não economizamos dinheiro na livraria, vivemos à base de café, deixamos tudo para a última hora, somos especialistas em roubar o blusão alheio, não sabemos nos comportar em situações sociais e insistimos em Pensar Demais. Esta segunda coletânea continua exatamente onde a primeira parou: debaixo de uma pilha de cobertas, evitando as responsabilidades do mundo real. Este volume traz tiras que acompanham os altos e baixos da montanha-russa implacável que é o começo da vida adulta, além de ensaios ilustrados sobre experiências pessoais da autora ligadas a ansiedade, carreira, relacionamentos e amor por gatinhos. Tudo isso com o mesmo tom sincero, leve e divertido que já conquistou mais de 2 milhões de fãs no Facebook.”

O Chamado do Cuco (primeiro livro da série Cormoran Strike – Robert Galbraith/ J.K. Rowling)

Muitos de vocês vão querer me matar se eu contar que abandonei essa leitura… Não me lembro o porquê, mas sei que esse ano de 2018 eu vou terminar esse livro. Não sei se a série inspirada nos livros realmente saiu, por isso me deixem nos comentários o que vocês sabem sobre isso, fechado? Ajuda ai os amiguinhos, haha!

“Quando uma modelo problemática cai para a morte de uma varanda coberta de neve, presume-se que ela tenha cometido suicídio. No entanto, seu irmão tem suas dúvidas e decide chamar o detetive particular Cormoran Strike para investigar o caso. Strike é um veterano de guerra, ferido física e psicologicamente, e sua vida está em desordem. O caso lhe garante uma sobrevida financeira, mas tem um custo pessoal: quanto mais ele mergulha no mundo complexo da jovem modelo, mais sombrias ficam as coisas e mais perto do perigo ele chega. Um emocionante mistério mergulhado na atmosfera de Londres, das abafadas ruas de Mayfair e bares clandestinos do East End para a agitação do Soho. O Chamado do Cuco é um livro maravilhoso. Apresentando Cormoran Strike, este é um romance policial clássico na tradição de P. D. James e Ruth Rendell, e marca o início de uma série única de mistérios.”

A Rainha da Fofoca (primeiro livro da série “Rainha da Fofoca” – Meg Cabot – Galera Record)

Adoro a Meg Cabot, sempre quis ler todos os livros que essa mulher publica e, depois de ler toda a saga de A Mediadora (finalmente!!!) no ano passado, fiquei ainda mais entusiasmada para ler mais obras da autora. Os livros dela são meios carinhos? São meio carinhos sim, mas a gente tenta fazer um esforço, né? Provavelmente A Rainha da Fofoca vai ser um dos últimos livros do ano, isso porque eu só tenho o primeiro livro então… Vamos aguardar!

“Lizzie Nichols não tem a mínima idéia do que vai fazer da vida e está detonando o dinheiro da formatura em uma viagem para visitar o namorado que conheceu há apenas três meses, mas isso não é nada. O problema é que Lizzie não consegue guardar nenhum segredo, o que a coloca em situações delicadas, como ficar presa em Londres sem um teto ou dinheiro. Felizmente uma amiga está por perto para ajudar, mas ela estraga tudo outra vez. Lizzie está no limite e precisará provar que pode usar sua boca grande para algo de bom.”

A Melodia Feroz (primeiro livro da série “Monstros da Violência” – Victoria Schwab – Seguinte)

Recebemos esse livro em Dezembro e gostei bastante da história. Não sei muito mais sobre ele porque foi um livro inesperado e, obviamente, assim que eu li que era sobre ficção-científica, quis colocar como meta de leitura desse ano. Logo, logo, espero trazer a resenha desso livro para vocês.

“Kate Harker e August Flynn vivem em lados opostos de uma cidade dividida entre Norte e Sul, onde a violência começou a gerar monstros de verdade. Eles são filhos dos líderes desses territórios inimigos e seus objetivos não poderiam ser mais diferentes. Kate sonha em ser tão cruel e impiedosa quanto o pai, que deixa os monstros livres e vende proteção aos humanos. August também quer ser como seu pai: um homem bondoso que defende os inocentes. O problema é que ele é um dos monstros, capaz de roubar a alma das vítimas com apenas uma nota musical. Quando Kate volta à cidade depois de um longo período, August recebe a missão de ficar de olho nela, disfarçado de um garoto comum. Não vai ser fácil para ele esconder sua verdadeira identidade, ainda mais quando uma revolução entre os monstros está prestes a eclodir, obrigando os dois a se unir para conseguir sobreviver.”

O Beijo Traiçoeiro (primeiro livro da série “Traitor’s” – Erin Beaty – Seguinte)

Comecei a ler esse livro no final de Dezembro, mas acabei dando uma pausa porque estava em uma ressaca literária que só consegui ultrapassar relendo Harry Potter. Mas o livro foi um recebido do blog da Companhia das Letras e, o livro é o primeiro de uma trilogia YA muito interessante, porque têm espionagem, reino e conflitos de interesses.

“Com sua língua afiada e seu temperamento rebelde, Sage Fowler está longe de ser considerada uma dama — e não dá a mínima para isso. Depois de ser julgada inapta para o casamento, Sage acaba se tornando aprendiz de casamenteira e logo recebe uma tarefa importante: acompanhar a comitiva de jovens damas da nobreza a caminho do Concordium, um evento na capital do reino, onde uniões entre grandes famílias são firmadas. Para formar bons pares, Sage anota em um livro tudo o que consegue descobrir sobre as garotas e seus pretendentes — inclusive os oficiais de alta patente encarregados de proteger o grupo durante essa longa jornada. Conforme a escolta militar percebe uma conspiração se formando, Sage é recrutada por um belo soldado para conseguir informações. Quanto mais descobre em sua espionagem, mais ela se envolve numa teia de disfarces, intrigas e identidades secretas. E, com o destino do reino em jogo, a última coisa que esperava era viver um romance de tirar o fôlego.”

Box Biblioteca de Hogwarts (Livros: Animais Fantásticos e Onde Habitam, Quadribol através dos Séculos e Contos de Beedle, o Bardo – J.K. Rowling – Rocco)

Impossível não conhecer todo o universo de Harry Potter, certo? Então, quando eu ganhei o box com os livros que compõe a biblioteca de Hogwarts – livros que os alunos usam – fiquei mais que empolgada. Então em fevereiro eu espero já estar começando a ler porque eu nunca li nenhum dos três e isso é um absurdo! Lembrando que Animais Fantásticos e Onde Habitam já foi lançado nos cinemas e a produção da continuação já está sendo feita <3

Livros que eu quero ler em Inglês:

 

All the Bright Places (pt Por Lugares Incríveis – Jennifer Niven)

Quero ler também, livros em inglês para começar a aprimorar mais o meu vocabulário. Tenho poucos livros em inglês, mas espero que neste ano de 2018 eu possa investir mais nesse tipo de livro. All The Bright Places já foi lançado no Brasil pela editora Seguinte e é um dos meus livros favoritos. Por isso, nada mais justo que reler ele na sua versão original.

“Theodore Finch is fascinated by death, and he constantly thinks of ways he might kill himself. But each time, something good, no matter how small, stops him. Violet Markey lives for the future, counting the days until graduation, when she can escape her.”

 

 

The Statistical Probability Of Love at First Sight (pt A Probabilidade Estatística do Amor à Primeira Vista – Jennifer E. Smith – Galera Record)

Já resenhei esse livro em português e a autora Jennifer E. Smith é uma das minhas favoritas! Li apenas dois livros e já considero muito. Como A Probabilidade Estatística é um dos meus queridinhos, também coloquei a meta de ler sua versão linda em hardcover!

“Who would have guessed that four minutes could change everything? Imagine if she hadn’t fogotten the book. Or if there hadn’t been traffic on the expressway. Or if she hadn’t fumbled the coins for the toll. What if she’d run just that little bit faster and caught the flight she was supposed to be on. Would it have been something else – the weather over the atlantic or a fault with the plane? Hadley isn’t sure if she believes in destiny or fate but, on what is potentially the worst day of each of their lives, it’s the quirks of timing and chance events that mean Hadley meets Oliver… Set over a 24-hour-period, Hadley and Oliver’s story will make you believe that true love finds you when you’re least expecting it.”

 

Archetype (primeiro livro de uma série de apenas dois livros “Archetype” – M.D. Waters).

Ganhei esse livro há uns dois anos e confesso que eu simplesmente o guardei lá e foi isso. Como é um livro em inglês e uma das metas de 2018 é ler mais em inglês, nada mais justo que ler o que eu já tenho em casa. A história é bem interessante, acredito que vou gostar bastante da escrita da autora e, claro, prometo resenhá-lo para vocês.

“In a future where women are a rare commodity, Emma fights for freedom but is held captive by the love of two men—one her husband, the other her worst enemy. If only she could remember which is which… In the stunning first volume of a two-book series, Emma wakes with her memory wiped clean. Her husband, Declan—a powerful and seductive man—narrates the story of her past, but Emma’s dreams contradict him. They show her war, a camp where girls are trained to be wives, and love for another man. Something inside warns her not to speak of these things, but the line between her dreams and reality is about to shatter forever. “

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *