Extraordinário

Extraordinário chega aos cinemas dia 07/12!

Estamos comemorando muito por aqui! O filme do best-seller “Extraordinário” (“Wonder”, no nome original) da R.J. Palacio, finalmente chega aos cinemas nesta quinta-feira, dia 07 de dezembro. Desde a confirmação da adaptação, nós aqui no {Des}Construindo, ficamos extremamente empolgados, porém preocupados pois é um livro incrível que não merece ter um erro em sua adaptação, como muitos por ai que tiveram. Por isso, vou listar aqui alguns pontos que eu espero muito poder assistir.

Os pontos-de-vista dos personagens:

Se você leu, então deve lembrar que o livro passa pela visão de vários personagens, não só do Auggie. Sei que não tem como trazer “esse formato” para uma adaptação, mas espero que os personagens tenham seu devido espaço na trama para o desenvolvimento da história como um todo, desde o núcleo familiar até a escola.

 

 

A narrativa leve e descontraída:

O livro é narrado em primeira pessoa e o trailer nos mostra o que eu já esperava, um personagem autêntico e “carismático” que tenta lidar com os desafios impostos por conta da aparência. O livro é infanto-juvenil e o filme parece cumprir muito com isso, tentando atingir o máximo de idades possíveis para um assunto que, infelizmente, acontece e muito dentro e fora das escolas.

Extraordinário

 

O personagem Auggie e sua aparência:

Por último mais não menos importante, o maior motivo do meu receio da adaptação: a aparência do Auggie (que vai ser interpretado pelo maravilhoso e fofo Jacob Tremblay) que, na verdade, era uma parte delicada de trazer à vida porque o livro – no caso, o próprio Auggie – reforça bastante o quão horrível é a sua aparência, fazendo o leitor criar uma imagem específica na sua cabeça e que pode ser frustrada quando assiste a uma adaptação. Mas, quando saiu o trailer, fiquei bem contente com o que vi, no geral.

Lembrando que Extraordinário chega essa quinta-feira, 07 de Dezembro, nos cinemas e vocês podem conferir a nossa resenha do livro, completinha e bonitinha, aqui. Espero que tenham gostado!

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *