Design sem nome 1 2 - Review: Dark - 1ª Temporada

Encerrando 2017 com uma das melhores séries que eu assisti neste ano. Acredito que vocês já devem ter visto muito ai pela internet sobre a série DARK, a primeira série alemã que a Netflix distribuiu. E, vamos falar a verdade, se você já assistiu a primeira temporada, deve ter percebido o quão brilhante essa série é. Então vamos começar a falar sobre.

Falando um pouco sobre a história, Dark começa no ano de 2019, em uma cidadezinha chamada Winden onde ocorre o desaparecimento de um jovem de 15 anos nos arredores da usina nuclear. Acontece que, algumas semanas depois, acontece um outro desaparecimento de um garoto chamado Mikkel, perto do local onde o primeiro desaparecido sumiu, ambos sem deixar nenhum tipo de rastro.

Design sem nome 2 1 300x225 - Review: Dark - 1ª Temporada

Com esses desaparecimentos, quatro famílias acabam sendo ligadas de diversas formas e, essa ligação acaba trazendo à tona, alguns segredos de muitos anos atrás e como cada pessoa pertencente à essas famílias acabaram influenciando em como o presente é e trabalha ainda mais além, como o futuro pode influenciar o passado e assim por diante.

Dark aborda muitos assuntos, principalmente a história de viagem no tempo. Na realidade, a viagem no tempo é o foco principal da série e isso é uma coisa totalmente dela. Na série, vemos personagens do presente voltando 33 anos no tempo e interagindo com ele mesmo daquela época. Normalmente, em filmes como “De Volta Para o Futuro” por exemplo, o personagem Marty não podia se ver quando viaja pelo tempo. Em Dark, temos um jeito novo de enxergar o loop temporal e como cada ação interfere no passado, presente e futuro. Não vou entrar muito na parte de viagem do tempo da série porque semana que vem eu vou falar muito sobre isso e sobre as teorias que eu venho criando desde então. Aguardem!!!

Design sem nome 12 300x225 - Review: Dark - 1ª Temporada

Agora, voltando, falando um pouco sobre os personagens, cada um têm seu foco dentro da história, considerando o fato de serem quatro famílias, com diversos personagens e cada personagem têm uma versão passado e presente. Isso acaba confundindo o telespectador (propositalmente) porque, dentro do que é proposto na viagem do tempo (a série trabalha com 3 épocas: 1953, 1986 e 2019 (de 33 em 33 anos) e tais desaparecimentos dessas crianças têm relação direta com isso. Já que o pai de uma das crianças que acabou desaparecendo em 2019, perdeu o único irmão da mesma forma em 1986, ou seja, 33 anos antes.

Design sem nome 3 1 300x225 - Review: Dark - 1ª Temporada

Ainda dentro dos personagens, tenho muito o que falar sobre, mas como eu vou acabar soltando spoilers, vou deixar para o post de teorias e etc, assim eu consigo expôr tudo com clareza e sem preocupações. Agora falando sobre o visual da série, me surpreendi bastante com ela, porque ela é bem sombria, muito bem produzida, com o uso de câmeras em diferentes ângulos, deixando o telespectador mais “próximo” da cena quando era necessário e assim por diante.

Design sem nome 4 1 300x225 - Review: Dark - 1ª Temporada

DARK é simplesmente incrível e, por mais que falem que pareça Stranger Things, desapega dessa ideia… Dark explora outros universos, é bem mais madura e sua evolução é única. Então se você gosta de séries dramáticas e sobre ficção científica nesse universo de viagem no tempo, Dark é totalmente pra você.

Facebook Comments

2 thoughts on “Review: Dark – 1ª Temporada”

  1. Uma das séries que me pegou de jeito. Gostei por demais do roteiro, das atuações e do clima de mistério que leva o telespectador a investigar, a analisar cada cena e acontecimento na tentativa de entender o que se passa na série e procurando compreender cada situação.

    1. Jonas, estamos no mesmo barco com relação a série! Nunca vi uma série me prender tanto quanto DARK, especialmente com essa ligação entre o telespectador e a história, porque a gente se sente na “obrigação” de descobrir tudo, montar teorias pra tentar buscar um sentido dentro do contexto. Em breve sai um post sobre as teorias mais legais que eu achei e o que eu acho que pode acontecer na segunda temporada, haha!
      Super abraço e obrigada pelo comentário 😀

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *