Falando de série: 5 Comédias canceladas cedo demais

Uma das grandes tristezas na vida de um seriador, é quando a gente se vicia em determinada série, se apega aos personagens, a trama e de repente…Pá, ela é cancelada. Principalmente quando o cancelamento vem sem a história ser finalizada, aí a dor meus amigos, é algo imensurável.


E normalmente, as principais vítimas desses monstros chamados canais de TV, são as séries de comédia, já que normalmente não possuem uma trama com episódios amarrados, não há lá muita dó em cortá-las da grade. Eu como grande amante de comédias, já passei por diversos cancelamentos dolorosos e resolvi listar cinco comédias que definitivamente foram canceladas cedo demais.


Don’t Trust The B… in apartment 23

 
Como viver em um mundo sem a Chloe?

 





A série que teve apenas duas temporadas, conta a história de June, uma garota do interior que se muda para Nova York por conta de uma oportunidade de emprego, mas tem sua vida virada de cabeça para baixo e  passa a morar com a maluca e oportunista Chloe e embora fosse extremamente engraçado acompanhar a dinâmica das duas personagens tão diferentes, ela sofreu com uma baixíssima audiência  e foi cancelada após apenas 26 episódios.


Felizmente é possível maratonar sem problemas na Netflix e não duvido nada que você não vai conseguir parar de assistir.
 

Happy Endings

Piadas com a falta de responsabilidade do Liam Neeson que tem a filha sequestrada toda semana tem um lugar especial no meu coração

“Happy Endings” para mim era uma das poucas séries que tinham tudo para se consolidar assim como “Friends” e “How I Met Your Mother” (infelizmente não foi dessa vez). Contando a história desses seis personagens, que mesmo tendo personalidades completamente distintas, mas que funcionavam perfeitamente, principalmente pela química entre os atores. Além disso a série contava com um roteiro extremamente bem elaborado, com piadas e referências a cultura pop a todo momento, mas que não ficavam cansativos de jeito nenhum. Infelizmente ela foi cancelada na terceira temporada junto com “Don’t Trust The B… in Apartment 23”.


New Normal

Essas duas simplesmente inventaram o termo “frenemies”


Enquanto estava fazendo sucesso com “Glee”, Ryan Murphy também fez uma comédia meio autobiográfica e extremamente delicada sobre família e relacionamento. “New Normal” conta a história de uma casal gay que tentam ter um filho por meio de uma barriga de aluguel, a escolhida para gerar o bebê deles é Goldie Clemmons, uma mãe solteira que pensando no futuro da sua filha de nove anos. Shania, decide se tornar barriga de aluguel do casal. O problema é avó preconceituosa e conservadora de Goldie, Jane. É claro que com essa premissa, a série sofreu diversos boicotes de grupos conservadores nos EUA e acabou sendo cancelada pela baixa audiência, na primeira temporada. Felizmente os roteiristas finalizaram a história sem deixar nenhum gancho e você pode vê-la sem problemas na Netflix.


A to Z

É frases motivacionais que você quer @?


“A to Z” é uma comédia romântica  que conta a história do casal Andrew e Zelda (interpretada pela Cristin Milioti, mesma atriz que fez a Mãe em “How I Met Your Mother”), que vão namorar por oito meses, três semanas, cinco dias e uma hora (essa era a abertura). O roteiro não tinha nada lá muito inovador, mas a série era totalmente adorável, desde o seu diálogo até a sua fotografia que sempre passava um ar alegre, além dos personagens super carismáticos. Infelizmente a série teve apenas 13 episódios.


The Hard Times of RJ Berger
 
A série é antiga, não tem muitos gifs. Esse foi o que deu pra hoje


“The Hard Times of RJ Berger” foi uma das primeiras séries que comecei a acompanhar, originalmente produzida pela MTV, a série que não era lá das mais originais, contava a história de RJ Berger, um típico nerd tímido do high school que sofre bullying, é apaixonado pela garota mais popular da escola, mas que por um descuido acaba virando um astro na escola, por conta do seu “dom anatômico” (se é que vocês me entendem) que é revelado na frente de toda a escola. Mesmo sendo só mais uma história sobre os parias do high school que acabam virando o jogo, a série era muito engraçada e os personagens eram bem desenvolvidos. Infelizmente ela durou apenas duas temporadas, e pior, a segunda temporada termina com um cliffhanger monstruoso que até hoje me atormenta.Tem alguma série de comédia que você acha que foi cancelada cedo demais e não falamos aqui? Coloca ai nos comentários

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *