Halloween: Séries para assistir

Na saga da Semana Especial de Halloween, escolhemos o domingo para indicar o quê? Isso mesmo, séries! Embora a gente assista praticamente todo dia uma série ou outra (ou várias porque não adianta mentir), é nessa época do ano que eu, pelo menos, começo a desenterrar as séries de terror-suspense-ficção científica que têm na nossa querida Netflix. Se você quer aproveitar o domingo ai com os amigos ou até mesmo o feriadão que está chegando com o pessoal (ou sozinho, né?), aproveita as nossas indicações e faça uma maratona sinistra!

STRANGER THINGS (2016)

Começando com o pé direito aqui no blog – e o esquerdo lá no mundo invertido, haha – porque eu acho que todos vocês (1) ou já maratonaram assim como eu, ou (2) estão maratonando nesse final de semana, certo? Se você é um ser especial que ainda não assistiu Stranger Things, estamos dando a oportunidade de você fazer isso! A segunda temporada saiu nessa última sexta-feira, então aproveita!
Falando sobre a primeira temporada, um garoto de 12 anos desaparece misteriosamente. A família e a polícia estão a procura de respostas, mas acabam encontrando um laboratório que faz experimentos secretos pelo governo. Ao mesmo tempo, os amigos do garoto que desapareceu começa a procurar pistas sobre o que aconteceu de fato com o garoto quando eles conhecem uma garota que têm habilidades fora do comum e alguns mistérios totalmente sobrenaturais. Se você já assistiu e quer saber mais do que achamos, fizemos uma análise da primeira temporada.

HEMLOCK GROVE (2013)

Comecei a assistir essa série no começo desse mês, haha – e já estou obrigando todo mundo a assistir – e eu nunca imaginei que me apegaria tanto nela. É uma série incrível, muito bem trabalhada e a história é viciante! Eu ainda não terminei a primeira temporada, mas assim que terminar vou contar tudo para vocês.
Sobre a série (Adoro Cinema): “Hemlock Grove é um conto de mistério, assassinato e monstros que se passa em uma cidade da Pennsylvania. A série começa quando o corpo de uma jovem é encontrado em um velho moinho. Alguns moradores suspeitam de alguém que escapou da Torre Branca. Outros acreditam que o assassino pode ser Peter, um adolescente de 17 anos que diz a seus colegas que é um lobisomem. Ou poderia ser Roman (Bill Skarsgard – famosinho palhaço It), um arrogante cheio de problemas. Enquanto o crime continua sem solução, os rumores se acumulam, e Peter e Roman decidem encontrar o assassino eles mesmos, confrontando as verdades indizíveis sobre eles mesmos e sobre Hemlock Grove”.

SCREAM (2015)

Scream… um sentimento de amor e ódio, é uma série “inspirada” na franquia Pânico (ou Scream, em inglês). Embora a gente tenha alguns probleminhas com a série, acho que é uma boa pedida mesmo assim. Agora, não espere encontrar o filme nessa série, porque são coisas extremamente diferentes, embora a história seja um pouco parecida. Na primeira temporada, acontece um cyber-bullying que acaba resultando em um assassinato, e esse assassinato faz retornar a memória de uma série de assassinatos que aconteceram no passado da cidade de Lakewood, onde aparentemente serviu de inspiração para esse novo serial killer. Acontece que esse alvo é nada mais, nada menos que um grupo de adolescentes que tentam desvendar os motivos por essa perseguição e se, na verdade, um deles é o culpado. Temos a análise da Primeira e da Segunda temporada.

BATES MOTEL (2013)

Para encerrar com chave de ouro, vamos de Bates Motel! Essa série conta a infância e a adolescência de Norman Bates (o assassino que têm transtorno de personalidade do filme Psicose). Depois da morte do pai do Norman, sua mãe Norma, que decide mudar de cidade e acaba comprando um motel  velho e detonado na pequena cidade de White Pine Bay. Acontece que Norman têm um relacionamento extremamente protetor (e até doentio) pelo filho, que acaba desenvolvendo um transtorno de personalidade e os acontecimentos que vão acontecendo durante a série, mostra como Norman Bates virou o assassino do famoso filme Psicose.
Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *