Só os Animais Salvam (Ceridwen Dovey)

Mais uma resenha para vocês, mais um livro especial e bem diferente aqui para vocês. Recebemos o press-kit desse livro e postei para vocês verem o quão lindo era lá no Instagram (segue lá a gente, @des_construindo) e fiquei encantada com “Só os Animais Salvam” assim que vi a capa dele quando a DarkSide anunciou. Eu não sabia o quanto eu iria me encantar com os contos e vou falar agora o que eu achei para vocês.

O livro é um compilado de 10 contos, contos narrados por animais que viveram suas vidas em algumas guerras que aconteceram durante os anos (tem a Primeira e a Segunda Guerra Mundial. tem a Guerra do Iraque, Guerra Fria, algumas que foram pequenas mas tão importantes quanto) e os contos falam sobre a vida e a morte desses animais que viveram nesses momentos tensos da nossa história. No começo de cada conto (ou capítulo, bem dizer) a gente tem o desenho do animal que contará a sua história e também quando ele morreu e aonde ele morreu, para gente já meio que saber o enredo, o que foi importante porque algumas guerras eu não tinha conhecimento e depois de ler o conto, fui saber mais um pouco sobre ela.

 

O mais interessante de Só os Animais Salvam não é nem o fato de serem os animais nos falando sobre sua (breve em alguns casos) vida, mas como a autora usou brilhantemente alguns fatos para transmitir uma mensagem diferente. Algumas vezes a gente até esquece que são animais, de tão próximos que a gente acaba ficando, é uma coisa muito estranha porque algumas histórias são tão delicadas e difíceis que a gente se pergunta o porquê daquilo acontecer o tempo todo.
Outra coisa interessante que o livro traz pra quem tá lendo é a falta de respeito e de empatia com esses animais, muitos contos eles são usados de maneira extramente cruéis para serem artigos de luxo, cobaias para experimentos e também para serem sacrificados nas guerras, um fato que me chocou porque muitas vezes esses animais são tratados como “heróis” na verdade, eles nem tiveram escolha.

 

Adorei a forma como a autora colocou os sentimentos dos animais, foi minha primeira leitura dela e fiquei encantada porque ela trata de conflitos que aconteceram e que foram horríveis tanto para nós, humanos, quanto para os animais e essa sacada de nos mostrar o lado dos animais é tocante e incrível. Ceridwen Dovey têm uma leveza e ao mesmo tempo um impacto enorme, sabe. Têm um conto em especial (o conto da Tartaruga, para ser mais exata) que ela me emocionou mais do que o normal, porque esse conto em especial me trouxe exatamente os dois extremos: a leveza e o impacto. Não é um livro leve, ele é único e te faz querer entrar naquela época para fazer alguma coisa diferente. Todos os contos são incríveis e tocantes da sua maneira, mas o “Alma de Papagaio”, “Alma de Urso” e o “Alma de Tartaruga” para mim foram os mais especiais.
Falando um pouco da edição (o que, a gente nem precisa falar muito porque é a DarkSide da linha Darklove) a diagramação está impecável, com todos os alinhamentos, referências, detalhes, desenhos… tudo está lindo. A capa é linda, com detalhes em alto relevo e com as cores ornando. No press-kit a gente recebeu um colar com um potinho muito fofo como pingente, guardando a “galáxia”, achei um detalhe lindo e singelo.
Espero que tenham gostado da resenha e mais do que isso, espero que possam ler e se apaixonarem pela história que é simplesmente fantástica. Quem aqui já conhecia o livro? Se quiserem, deixem nos comentários quais livros vocês estão lendo ou que indicam, fechado? Beijos, beijos!

Livro: Só os Animais Salvam
Autora: Ceridwen Dovey
Editora: DarkSide Books (Selo: Darklove)
Páginas: 235
País: Brasil
ISBN: 978-85-9454-032-4
Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *