Jessica Jones – Análise 1ª Temporada

Olá, pessoal! Hoje resolvi contar sobre a minha experiência assistindo a nova série da Netflix: Jessica Jones. Para quem ainda não viu ou não sabe/ não vive nesse planeta rs, a Netflix (diva, rainha da internet) estreou agora, dia 20 de novembro, essa mais nova série em parceria com a Marvel. Para quem ainda não conhece muito a história (na série) vou dar um breve resuminho sobre ela: Jessica é uma “ex-heroína” em Nova York, mais especificamente no bairro Hell’s Kitchen (sim, a mesmo do Daredevil) que vive frustrada por não ter conseguido ir adiante salvando as pessoas e, por isso, vira detetive particular. Tudo estava indo bem até que um inimigo volta a assombrar a vida dela, o mesmo que fez ela desistir de lutar pelo que é certo e agora ela precisa decidir se vai desistir de vez ou se vai atrás dele e terminar de vez com isso. Ah, um detalhe importante: esse vilão também têm poderes, ele consegue controlar a mente das pessoas e, ele usará isso de todas as formas para conseguir o que quer que seja com Jessica. 


Falando um pouco dos personagens, Jessica é incrivelmente incrível. Ela é uma “heroína” totalmente errada sabe, bem humana e carismática. Assim como o Matt Murdock (a.k.a Daredevil – odeio o nome “Demolidor”) ela têm suas fraquezas, seus medos, seus defeitos, mesmo com o poder de super força que ela acabou adquirindo. Não é tão “fantasiado” quanto os super heróis que vemos nos cinemas, clássicos. Aliás, temos uma cena (não me lembro o episódio) em que ela pára o carro com uma mão e o motorista todo amedrontado, porque uma mulher normal não teria força suficiente para parar o carro daquele jeito, acaba caindo no que ela fala sobre “ter olhos lasers e todo aquele papo de super herói” e depois sai andando tirando um sarro disso sabe… dele acreditar tão facilmente nessas coisas e ele acaba contando tudo que ela precisa. Aliás, o humor negro dela e as referências vão render um outro post que o Erick está preparando pra vocês. Precisamos tirar o chapéu porque há tempos que não vemos uma atuação tão boa e perfeita quanto a que a Krysten Ritter está fazendo. Amo!!!!
Agora falando também sobre um outro personagem que merece palmas (e o Tocantis inteiro) Luke Cage. Nas histórias em quadrinhos, Luke é o marido (sim!) da Jessica Jones. Já na série, as coisas não são tão simples, né? Eles vivem sim um casinho e tals, eles se apaixonam, mas como sempre, Jessica esconde algo dele que com toda certeza vai influenciar no “relacionamento”. Luke é bem fiel à HQ, inclusive ele usa em alguns episódios, a mesma roupa que o personagem nas histórias em quadrinhos e também colocaram o seu bordão “Sweet Christmas” Ele é um cara bem na dele, desconfiado de tudo e de todos, já que ele também têm poderes, ele têm a pele impenetrável… ou seja, nada passa por ela (se isso foi um spoiler, desculpa!). Temos tantas cenas MARAVILHOSAS com os dois, da até saudade de ver a química que eles têm… acho que vou assistir mais uma vez…
Temos também que mencionar o Homem Púrpura e a Trish Walker (melhor amiga da Jessica e sua “irmã adotiva”) é uma personagem que começa bem timidamente na série mas que se torna uma grande peça chave na busca pelo Purple Man. Adoro essa guria, principalmente pelas referências que ela faz com a HQ da Jessica Jones. 
Já o Purple Man… bom, ele é maluco pela Jessica e volta querendo pegá-la novamente. Acontece muita coisa, ele manipula muita gente e vemos aquele “polícia e ladrão” literalmente na história, de um jeito bem bacana. O cara é louco e a gente acaba se afeiçoando por ele, sabe? Ele não é um vilão comum, ele meio que luta pelo que acredita e tem tanto carisma quanto a Jessica e, no decorrer da série, a gente vai descobrindo os motivos de tudo isso e acaba pegando carinho por ele!
Temos muitos outros personagens legais, mas se eu colocasse todos aqui… esse texto ficaria imenso! A série é incrível, a Netflix caprichou desde as divulgações nas redes sociais até na produção, cada capítulo te deixa ainda mais animado e viciado. A primeira temporada é composta por 13 episódios e, infelizmente, a segunda temporada só deve sair em 2016. AGORA SÓ RESTA ESPERAR :S
Todos os episódios estão disponíveis na Netflix e, se eu fosse você, iria correndo assistir! Você não vai se arrepender 😀
P.S.: Se você gostou de Daredevil, vai gostar de Jessica Jones;
P.S²: Recomendo que você preste bastante atenção nos ambientes das cenas, têm bastante referência , principalmente com relação aos Vingadores…né, Capitão?
Quem mais assistiu Jessica Jones? Quem mais está viciado como eu?
Beijocas
Facebook Comments

0 thoughts on “Jessica Jones – Análise 1ª Temporada”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *