Olá gente! Essa semana o blog vai homenagear a saga
(incrível) de Harry Potter (que nunca sai de moda) tanto os filmes quanto os
livros, cada dia da semana será uma postagem de cada (é um desafio acredite).
Eu sei que praticamente toda a população do planeta já deve ter lido ou visto
ou lido e visto HP mas, Harry Potter é Harry Potter então vamos que vamos !! o/



 “The Boy Who Lived” ou “O
garoto que sobreviveu” esse é o primeiro capitulo do primeiro livro da
saga ou como eu gosto de chamar “a porta de entrada pro melhor universo de
todos” (sem querer puxar muito saco é claro, nós do {Des}Construindo o
verbo somos sempre imparciais exceto tratando se de Harry Potter). A
historia começa no dia em que os pais de Harry são assassinados e como ele foi
deixado na porta da casa dos seus tios. A partir de então mostra como Harry
cresce sendo maltratado pelos seus tios e até então não sabemos o porquê desse
“ódio” que eles sentem pelo garoto. Em comparação ao livro, no filme
não é tão retratado esse “maltrato” dos tios com Harry, mas mesmo
assim é possível ter uma idéia de quão ele era infeliz naquela casa. 
Quando Harry completa 11 anos  ele descobre
por meio do Hagrid, um meio gigante que aparece em sua casa, que na verdade é
filho de bruxos, que seus pais não morreram em um acidente de carro como diziam
seus tios, ganha sua carta para ingressar na Escola de Magia e Bruxaria de
Hogwarts  e que Hagrid estava lá para leva-lo para lá.


Antes de ir pra escola Harry tem que fazer umas
compras básicas no Beco Diagonal, uma espécie de Shopping Bruxo a céu aberto
(ou como diz meu pai a 25 de março organizada kk) a e é ai que começamos a ter
uma ideia de como é esse universo bruxo que até então era desconhecido por nós
e pelo Harry.
Logo em seguida na oculta plataforma 9 3/4 Harry
tem seu primeiro contato com a Familia Weasley e conhece seu futuro melhor
amigo Rony Weasley, que era novato também, já no Expresso Hogwarts os dois
conhecem Hermione (nossa esperta bruxinha) que já chega com tudo, mostrando que já samba nos feitiços com aquele “Oculos Reparum”. Nosso Trio de Ouro se reunia pela primeira vez.

Chegando em Hogwarts e ai que a verdadeira magia acontece, conhecer aquele enorme castelo onde as escadas se movem sozinhas, repleto de fantasmas e com um poltergeist que só apronta, o Pirraça (que infelizmente não aparece nos filmes).  E nesse momento onde os alunos são divididos em 4 casas pelo Chapéu Seletor : Grifinoria, Lufa-Lufa, Corvinal e Sonserina.




     

Os novatos em Hogwarts começam então a ter suas primeiras aulas, Hermione começa a demonstrar o quão inteligente é e nós espectadores começamos a ficar cada vez mais fascinados por esse mundo magico e



Também descobrimos qual o esporte praticado pelos bruxos o Quadribol e Harry depois de tentar ajudar um amigo acaba se tornando o mais jovem apanhador da Grifinoria




 Não vamos contar mais nada, pois talvez seja spoiler para algumas pessoas, mas vale lembrar que como é a primeiro livro, ele serve mais como
introdução pra esse universo Magico e com o decorrer da historia Algumas duvidas são sanadas, exemplo como realmente os pais de Harry morreram e o porquê de Harry ser tão famoso no mundo bruxo. E algumas outras duvidas só são respondidas no decorrer dos outros livros.

Bom, se tratando do filme ele é um pouco grande, pois,para colocar tanta
informação na adaptação tem que ser, mas, de modo geral o HP #1 é incrível, a
forma como eles criaram os personagens e os adaptaram aos livros foi chocante.
Nossa quando eu assisti pela primeira vez e vi o Hagrid na tela do cinema,
jurei que era realmente um “meio- gigante” e não um ator interpretando(levando em consideração que eu tinha 7 anos), bem
como ter medo do Voldemort (titio Voldy) quando ele apareceu  foi tenso para mim (confesso que tive muito medo dele
por um instante). Quando Harry descobre que na verdade é um bruxo, a magia
automaticamente passa para todos os telespectadores que tinham menos de 11 anos
(claro), eu achei que receberia a minha cartinha de Hogwarts (e espero até
hoje). Quando passou a plataforma 9 3/4 eu ficava assim fascinada, como eles
passam por aquele pedacinho de parede?! E quando o Fred e o Jorge trolam a mãe
(pela 1ª vez) foi inesquecível, bem como a primeira vez que Harry, Rony e
Hermione se encontram na cabine do trem e Hermione (saudades) já samba nos
feitiços.


Facebook Comments

0 thoughts on “#PotterWeek – Harry Potter e a Pedra Filosofal”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *